sábado, julho 24, 2010

EMBALAGEM ÚTIL

Os sites especializados na arte de comer, beber e se divertir, ajudam as pessoas escolher a melhor embalagem acondicionar comida.

Eles deram nota de 1 a 5 para cada opção, considerando o impacto ambiental de cada uma. Resumindo:

ISOPOR, como aquele para manter café quente. Esse material simplesmente torna-se uma parte permanente do meio ambiente: ficará lá para sempre entulhando o mundo. Cidades americanas estão começando a proibir essas embalagens.
Nota 1
Caixas de plástico, como aquelas muito empregadas em saladas ou frutas no supermercado. Além de serem feitas de petróleo, que está em falta e cuja exploração causa vários danos ambientais, tem substâncias potencialmente nocivas que podem contaminar a comida.
Nota 2
Sacos plásticos ou de papel, como os de supermercado. É difícil determinar qual dos dois é menos pior – depende das taxas de reciclagem de cada material em sua cidade. A decisão é entre derrubar árvores ou colocar material não biodegradável no mundo. O ideal é escolher pensando em qual dos dois você tem alguma chance de reutilizar.

Nota 3
Papel alumínio. Alumínio é abundante (embora não infinito) e pode ser reciclado quantas vezes for necessário (o que é ótimo, mas consome energia).
Papel reciclado. Que também não é perfeito, porque sua produção gasta energia. Além disso, geralmente não há garantia de que o papel seja 100% reciclado – e, se não é, árvores morrerão.

Nota 4
Embalagem comestível. Cones de sorvete, pão recheado de sopa… Ou folhas de banana enroladas, que não são comestíveis, mas não poluem. Mas não adianta nada se você se melecar todo e precisar de 20 guardanapos de papel para se limpar.
Nota 5

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O BRASIL SEM JEITO: O JUIZ SÉRGIO MORO LIBEROU R$ 10 MILHÕES AO CASAL JOÃO SANTANA E MONICA MOURA

Os advogados afirmam que os marqueteiros não podem “trabalhar e auferir renda para seus gastos pessoais e de suas famílias, sendo, então,...