sexta-feira, janeiro 07, 2011

SOS MATA ATLÂNTICA APRESENTA RESULTADOS DAS ANÁLISES DE 43 RIOS BRASILEIROS REALIZADAS EM 2010.


Os monitoramentos foram feitos em corpos d’água de 12 estados brasileiros das regiões Sudeste, Centro-oeste e Nordeste, mas nenhum obteve resultado positivo.
Durante o ano de 2010, o caminhão do projeto “A Mata Atlântica é aqui – exposição itinerante do cidadão atuante”, da Fundação SOS Mata Atlântica, percorreu 12 estados brasileiros mais o Distrito Federal com o objetivo de levar educação e conscientização ambiental para os lugares onde ocorre o Bioma Mata Atlântica. Neste período, a população de 39 cidades pode participar das atrações realizadas pela equipe do projeto. Uma delas foi a coleta de água para análise de qualidade de ao menos um corpo d’água local, possibilitando a realização de 43 análises em 2010.

Entre os 43 corpos d’água monitorados, 70% ficaram dentro do nível REGULAR, 25% dentro do nível RUIM e 5% dentro do nível PÉSSIMO.

As análises que tiveram o melhor resultado foram as do Rio Doce, em Linhares (ES), e a da Lagoa Maracajá, localizada na cidade de Lagoa dos Gatos (PE), ambas com 34 pontos, classificadas no nível REGULAR.

Por outro lado, as análises mais baixas vieram do Rio Verruga, em Vitória da Conquista (BA), resultante em apenas 17 pontos; e a do Lago do Quinta da Boa Vista, na cidade do Rio de Janeiro, resultante em 19 pontos, ambas classificadas no nível PÉSSIMO.

Nenhum dos pontos de coleta de água destes 43 corpos d’água pode ser classificado com índices bons ou ótimos, o que aponta a grande necessidade de ações de mobilização da sociedade para melhoria da qualidade da água em todos os estados.
Fonte: SOS Mata Atlântica

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ORLA METROPOLITANA: PONTOS PRÓPRIOS PARA BANHO

O laudo semanal de balneabilidade, divulgado pela Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Recursos Naturais (Sema), aponta que 19 dos 21  ...