quinta-feira, setembro 08, 2011

PARABÉNS SÃO LUÍS

 Ó tu, leito-mãe dos Tupinambás

Reina dos mares do Sul, sois vós

Vitoriosa, oh! amada Upaon-açu

Carregas nome e cetro de realeza

N’alma saber e virtude de Atenas

No peito o brasão de viva Natureza

 Ó tu, São Luís – Ilha dos Amores!

Amada de francos, lusos e neerlandeses

Sois vós o encanto de Arúspice

Profeta da vossa eterna glória e pureza:

- Vosso destino é conservar em si toda beleza

serás deste teu Orfeu a eterna Eurídice

Ó tu, São Luís – Jamaica brasileira

Sou-vos grato pela vida inteira pois

Sabei-vos de muitos ser uma só pessoa

Jamais vos deixaste vencer. Sois guerreira!

Ainda que vos queira estuprar o monstro da modernice

Haverá sempre um filho teu que não fugirá a luta
 
Ó tu, São Luís – Cidade dos Azulejos

Perdoai o jugo da desgraçada sorte (e)

Tomai por exemplo o Cristo da hora da morte

Perdoai os filhos que vos sangra em realejos

Todos serão defenestrados, enfim, para que

Possamos amar-vos entre ruas e curvas de azulejos


Poema: João Batista Lago

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ORLA METROPOLITANA: PONTOS PRÓPRIOS PARA BANHO

O laudo semanal de balneabilidade, divulgado pela Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Recursos Naturais (Sema), aponta que 19 dos 21  ...