quinta-feira, setembro 27, 2012

PESQUISADORES DESENVOLVEM BARREIRA ACÚSTICA PARA ESTRADAS A PARTIR DE PNEUS



Pesquisadores espanhóis chegaram a uma “receita” diferente para minimizar o ruído de carros nas estradas próximas a grandes centros urbanos. Ao invés do concreto, a proposta é reaproveitar pneus velhos para a construção de barreiras acústicas nas rodovias.


Um dos principais objetivos do projeto, chamado Ekopan, é valorizar o material que seria desperdiçado e obter uma performance ambiental melhor que barreiras convencionais – o que é possível, também, com a redução das emissões de gás carbônico proveniente da fabricação do concreto.


“Além das vantagens ambientais, o uso de materiais porosos como a borracha permite uma barreira acústica com propriedades avançadas de absorção de ruído”, diz o site. As barreiras também são mais leves e pré-moldadas, o que reduz os custos durante a construção.


Agora, a equipe do projeto estuda formas de viabilizar a produção em larga escala das barreiras acústicas feitas com borracha de pneu. “O foco é otimizar o processo de manufatura para a escala industrial, validar as propriedades mecânicas e acústicas e conduzir um estudo de mercado para a venda do produto”.
                                                                                                                                                                                          Fonte:Lydia Cintra

terça-feira, setembro 25, 2012

O VEÍCULO ELÉTRICO MAIS LEVE DO MUNDO



Essa vem da Universidade de Stanford, nos EUA: estudantes criaram o que chamam de o “veículo elétrico mais leve do mundo”. O Boosted Boards é o velho e conhecido skate, mas equipado com dois motores de 2,6 cavalos nas rodas traseiras, o que permite que o usuário se locomova a até 32 km/h e não faça muito esforço nas subidas.

 O skate vem com um aparelho que carrega sua bateria em menos de 2hs (como um notebook ou um celular). Com a carga completa, a autonomia é de aproximadamente 10 km.

 Fonte:Lydia Cintra



quarta-feira, setembro 19, 2012

DESIGNER ITALIANO CRIA FORNO QUE TRANSFORMA ÁGUA SALGADA EM POTÁVEL


Com uma tecnologia simples, o designer italiano Gabrielle Diamanti desenvolveu um produto capaz de dessalinizar água salgada e transformá-la em água potável. O Eliodomestico, como é chamado o projeto, levou 7 anos para ser concluído e já participou de exibições na Itália, França e Espanha.


A invenção é uma espécie de forno cerâmico dividido em 3 partes. A água salgada é armazenada em um recipiente preto. Com o calor do sol, o vapor de água é empurrado por pressão e condensado. Por meio de um tubo, escorre para a bacia de coleta.


O Eliodomestico não usa eletricidade, não tem filtros, possui manutenção simples, pode ter bom impacto para a economia local (e nenhum para o meio ambiente), e tem capacidade de dessalinizar até 5 litros de água em um dia. Segundo o site oficial do designer, o produto é feito de materiais largamente usados e disponíveis e as tecnologias envolvidas na produção são simples e populares. O custo estimado é de 50 dólares.


Fonte: Lydia Cintra

PRAÇA CIDADÃ: ATIVIDADES DE AÇÃO SOCIAL NA PRAÇA 12 DE OUTUBRO

Foi realizado neste sábado praça 12 de outubro (27/05), uma ação social, onde foi oferecido para toda a comunidade do complexo Cohatrac afe...