quinta-feira, janeiro 17, 2013

UMA ATITUDE COERENTE DO PREFEITO EDIVALDO HOLANDA JÚNIOR


A gestão pública municipal não é culpada pela ingerência institucional do 3º setor que fazem parte as escolas de samba e os blocos tradicionais de São Luís. Essas instituições só pensam o carnaval três meses antes da festividade popular, organograma de planejamento tem que ser feito o ano todo.

Foi muito acertada a atitude que prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Junior, adotou em destina 50% do valor do Carnaval de 2013, seja transferido para a Secretaria Municipal de Saúde (SEMUS), o que corresponde a uma injeção de R$ 1 milhão para a pasta. A decisão foi tomada após as entidades que representam as escolas de samba da capital informarem que não participariam do desfile na Passarela do Samba.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

RÁDIOS COMUNITÁRIAS – SERÃO ENTREGUE 70 KITS DE COMUNICAÇÃO

Pensando na democratização da informação no Maranhão, a Secretaria de Estado de Comunicação Social e Assuntos Políticos (SECAP) distribu...