segunda-feira, fevereiro 11, 2013

PROFETIZAÇÃO DE LEONARDO BOFF

Em entrevista da revista ISTOÉ(N°Edição:  2116 | 28.Mai.10), com o tema"O PAPA DEVERIA RENUNCIAR", o Teólogo diz que Bento XVI infantiliza os fiéis, é complacente com os pedófilos e fechou as portas para as outras religiões.


Para o ex-frei, a Igreja ainda funciona como na Idade Média
O brasileiro Leonardo Boff, 71 anos, e o alemão Joseph Ratzinger, 83, têm uma longa história em comum. Intelectuais de fôlego, respeitados fora dos muros da Igreja Católica, os teólogos se conhecem há mais de 40 anos, quando conviveram na universidade, em Munique, Alemanha. O atual pontífice já era um cultuado professor, admirado pelo jovem franciscano que frequentava como ouvinte suas conferências, enquanto preparava a tese de doutorado – que contou com a ajuda providencial do alemão para ser publicada. Tempos depois, os dois trabalharam juntos em uma prestigiosa revista de teologia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

GESTÃO COMUNITÁRIA: A PRAÇA DAS ÁRVORES EM EXERCÍCIO DE PERTENCIMENTO

Mais um acontecimento histórico na praça das Árvores. A paisagem da praça foi alvo da câmera de 4 fotógrafos amadores que por 01 hora procu...