sexta-feira, maio 01, 2015

IMPUR REUNE EMPRESÁRIOS E DEFINE READEQUAÇÃO DO CANTEIRO DA AVENIDA LESTE OESTE

A Prefeitura de São Luís, por meio do Instituto Municipal da Paisagem Urbana, reuniu nesta quarta-feira (29) empresários das regiões da Cohab e Cohatrac para apresentação do projeto de readequação paisagística da Avenida Leste Oeste no bairro do Cohatrac. A reunião ocorreu no auditório da paróquia Nossa Senhora de Nazaré, localizada no bairro do Cohatrac e contou com a participação de vários moradores além de empresários da região.
Para a primeira-dama de São Luís e madrinha do programa, Camila Braga, a revitalização paisagística da cidade resgata a auto-estima da população e agrega ainda mais fatores atrativos à cidade.
"Nossa meta com este trabalho é proporcionar aos ludovicenses e aos nossos visitantes um ambiente cada vez mais belo e agradável nas avenidas de nossa cidade e em cada ambiente, incentivando que este aspecto de cuidado coletivo seja incorporado ao comportamento dos cidadãos que vivem em São Luís", disse. 
De acordo com o presidente do Impur, a ação, que faz parte do programa 'São Luís, Cidade Jardim', tem o objetivo de reordenar todo o corredor central da via, revitalizando o canteiro central.
"Essa é uma ação que será feita em parceria com a comunidade e empresários que já se organizam de forma espetacular e bastante dinâmica para a conservação de espaços públicos, a exemplo do canteiro da avenida", destaca.
Além de fomentar a preservação, o projeto visa a estimular os empresários para o engajamento na adoção, preservação e manutenção do espaço bem como as árvores que serão plantadas ao longo de todo o corredor.
Durante a apresentação, o presidente do IMPUR apresentou o quantitativo de árvores que será disponibilizado para a readequação do canteiro e o novo layout a ser utilizado para aárea. "No total, serão plantadas cerca de 25 árvores de várias espécies, que serão protegidas por uma estrutura metálica que deverá receber o selo ou logomarca de cada adotante. Todo o canteiro também deverá receber manutenção além do meio, e reparo para o plantio", explicou.
Celso Borges, empresário do ramo de informática vai adotar 16 das 25 árvores que serão plantadas no canteiro, o que pra ele é sinal de responsabilidade social e ambiental, "Se cada um fizera sua parte certamente teremos um bairro mais verde e uma cidade mais bonita", disse o empresário.

A mobilização para a adesão dos empresários deverá ser intensificada e logo após a adoção de todas as árvores do canteiro, a obra será iniciada com previsão ainda para a primeira quinzena de maio.
Colaboradora:
Keith Almeida

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O BRASIL SEM JEITO: O JUIZ SÉRGIO MORO LIBEROU R$ 10 MILHÕES AO CASAL JOÃO SANTANA E MONICA MOURA

Os advogados afirmam que os marqueteiros não podem “trabalhar e auferir renda para seus gastos pessoais e de suas famílias, sendo, então,...