quinta-feira, abril 21, 2016

AÇÃO AMBIENTAL: 'ECOBARREIRA' EVITA IDA DE 13 TONELADAS DE LIXO AO RIO GUAÍBA

Em operação há 20 dias, a ECOBARREIRA instalada no Arroio Dilúvio, em Porto Alegre, já evitou que 13,3 toneladas de lixo fossem parar nas águas do Guaíba. A estrutura foi instalada no dia 28 de março na Avenida Ipiranga, entre a Borges de Medeiros e a Edvaldo Pereira Paiva, na região central da capital.


A barreira ecológica atravessa o arroio de um lado ao outro. Resíduos como garrafas pet, madeira e até animais mortos ficam retidos e são içados até a superfície por uma gaiola.

Duas vezes por dia, uma equipe do Departamento Municipal de Limpeza Urbana (DMLU) passa pelo local para recolher os detritos.

“Se a ECOBARREIRA não estivesse aqui, todo este resíduo teria ido parar no Lago Guaíba. Além das ações de cuidado do poder público e da iniciativa privada, é necessário que a população faça a sua parte e descarte seus resíduos no local certo, que obviamente não é no Dilúvio”, observa Gustavo Fontana, diretor-geral do DMLU.

 

Em 2013, 2014 e 2015, foram retiradas 267, 200 e 65 toneladas de resíduos respectivamente, de materiais como pneus, garrafas pets, sofás, sacolas plásticas, chinelos, sapatos, carrinho de bebê, cadeiras de rodas, piscina plástica, fogão, geladeira, carcaça de computador, de televisor, de ventilador e de orelhão, embalagens longa vida, roupas, colchões, isopor, lonas, mamadeira, bicicletas, panelas, canos de PVC, vasos de plantas e até uma banheira de hidromassagem.


Fonte: G1RS

Nenhum comentário:

Postar um comentário

CIDADANIA FISCAL: CONTROLE DEMOCRÁTICO DOS RECURSOS PÚBLICOS

Américo Silva - a esquerda  Cidadania Fiscal foi a pauta do Programa Fala Comunidade de ontem, 16/07. Contamos com a participação de Am...