sexta-feira, junho 30, 2017

LAVA JATO: QUAIS OS PARTIDO MAIS ASSOCIADO À OPERAÇÃO, DIZ PESQUISA

A grande maioria (82%), no entanto, afirmou que as investigações estão mostrando que todas as siglas são corruptas. Levantamento realizado neste mês pela empresa IPSOS.
Questionados, de forma espontânea, quais nomes estão envolvidos na Lava Jato, as respostas foram: Lula (PT), citado por 57% dos entrevistados; Aécio Neves (PSDB), lembrado por 44%; Michel Temer (PMDB), com 43% das citações; Dilma Rousseff (PT), com 35%; e Eduardo Cunha (PMDB), com 33%. Também figuram na lista, desta ordem, Renan Calheiros (PMDB), José Serra (PSDB), Geraldo Alckmin (PSDB), Fernando Henrique Cardoso (PSDB), Romero Jucá (PMDB), Rodrigo Maia (PMDB), Marina Silva (Rede), Gilmar Mendes e Jair Bolsonaro (PSC).
Quando os mesmos entrevistados receberam uma sugestão de nomes, a ordem das respostas mudou. Na pesquisa estimulada, os dez nomes mais citados com envolvimento na Lava Jato foram: Michel Temer (90%), Aécio Neves (88%), Eduardo Cunha (88%), Lula (87%), Dilma Rousseff (82%), Renan Calheiros (67%), José Serra (52%), Fernando Henrique Cardoso (45%), Geraldo Alckmin (43%) e Rodrigo Maia (39%).
Avaliação governo
A avaliação do governo do presidente Michel Temer teve uma piora de quatro pontos porcentuais comparado ao mês anterior. Hoje, 84% dos brasileiros classificam a gestão Temer como ruim e péssima. Em maio, o índice era de 80% e, em janeiro deste ano, de 59%. A avaliação pessoal do nome de Temer também piorou. Em maio, 86% dos entrevistados desaprovavam sua conduta. Hoje, esse índice é de 93%. Essa taxa de reprovação transforma o presidente na figura pública mais mal avaliada entre os entrevistados. Atrás deles estão Eduardo Cunha (92%), Aécio Neves (91%) e Renan Calheiros (84%).
Considerando os políticos que já disputaram o segundo turno em um pleito presidencial, Aécio Neves é o tucano com maior taxa de rejeição com 91%, alta de 14 pontos porcentuais sobre a edição anterior. O político mineiro é seguido por José Serra, com 79% – aumento de nove pontos em relação a maio – e por último, Geraldo Alckmin com 71%, o que representa sete pontos a mais comparado ao último mês.
Marina Silva, da REDE, que vinha numa constante queda do índice de rejeição, em junho, apresenta taxa de desaprovação de 62%. Por outro lado, o juiz Sérgio Moro, o apresentador Luciano Huck e o ex-ministro do STF Joaquim Barbosa são os nomes melhores avaliados com 63%, 44% e 42% de aceitação, respectivamente.

Fonte: JP online

quinta-feira, junho 29, 2017

FESTEJO JUNINO NA PRAÇA: ARRAIAL DO TERCEIRÃO DA ESCOLA CEP MARIA PINHO

Mais uma vez a Praça das Árvores  no COHATRAC foi palco do tradicional Arraial do Terceirão da escola CEP Maria Pinho. O evento contou com a participação de funcionários, alunos dos turnos matutino e vespertino, ex-alunos e convidados especiais, como a cordelista Raimunda Frazão.

O momento marcou o final do semestre, o início das férias de julho e mais uma etapa de trabalho em prol da formatura das turmas 301, 302 e 303. A escola demonstrou mais uma vez como o trabalho coletivo é valioso e indispensável pra que conquistemos nossos objetivos. Precisamos agradecer ao comitê gestor da praça pelo apoio e conservação da praça; agradecer a generosidade e prontidão do companheiro Camilo Filho. A alegria desta manhã contagiou a todos e já nos sentimos inspirados para o próximo. Aguardem!!!






FONTE: Avanne Dominici.

quarta-feira, junho 28, 2017

UTILIDADE PÚBLICA: CONVOCAÇÃO PARA AS ELEIÇÕES DO COMITÊ DA PRAÇA DAS ARVORES


A COMISSÃO ELEITORAL, nomeada na reunião do dia 28 de maio de 2017, no uso de suas atribuições, de acordo com o Regimento Interno do Comitê da Praça das Arvores e observando o Decreto 47.294 de 12 de agosto de 2015, convoca os Amigos da Praça a participarem da eleição dos membros do Comitê Gestor da Praça das Arvores para o período julho/2017 – julho 2018, de acordo com o seguinte calendário:

A) Dias 21 e 28 de junho/2017 – das 19 às 21h – Registro de candidaturas individuais junto a Comissão Eleitoral.
A Comissão Eleitoral estará recebendo o requerimento do candidato que desejar participar do certame. Após examinada as condições efetivas do candidato para concorrer ao processo eleitoral, a Comissão Eleitoral expedirá recibo de entrega do requerimento, sendo os nomes dos candidatos divulgados imediatamente após este prazo.

B) Dia 13 de julho de 2017 – das 19h às 21h– Na Praça das Arvores: Votação, apuração, proclamação e posse dos eleitos.
Poderá votar e ser votada a pessoa que até o dia 20/06/2017 qualificar-se como “Amiga da Praça”.
O Regimento Interno do Comitê da Praça das Arvores e o Decreto citado encontram-se publicados no Facebook (página Praça das Arvores Cohatrac IV) e também estão disponíveis com a Coordenação do Comitê e com a Comissão Eleitoral

Reginaldo Amorim Góes


Presidente da Comissão Eleitoral

segunda-feira, junho 26, 2017

LAVA JATO: O PROBLEMA NÃO É A EXTENSÃO DO SIGILO DAS DELAÇÕES, MAS A CULTURA DO VAZAMENTO


Parece que o Supremo Tribunal Federal promoverá um ajuste para deixar as futuras delações premiadas em sigilo por mais tempo. Muito bem. Mas e daí?
O problema não é a extensão do sigilo das delações. Mas a cultura do vazamento - que, vê-se, veio para ficar. A indústria do vazamento, essa em decorrência da qual sigilo nenhum - estendido ou não por lei - se sustenta. É sob esse sistema - que dilapida a segurança jurídica - que vivemos hoje no Brasil.
Para dar mais gravidade ao que já é escandalosamente grave, podemos chamar essa zona franca do vazamento de seletiva. Vaza-se, a conta-gotas, para fazer sangrar fulano. Há foco. E existe agora até o pré-vazamento, uma espécie de prévia, como se fosse um trailer no cinema, por meio do qual se anuncia o que será vazado amanhã.
Nesse processo, em que a presunção de inocência foi ignorada, temos pessoas já condenadas, contra os quais, porém, as investigações ainda não levaram a uma denúncia formal sequer.

Parabéns aos justiceiros.

Fonte: Carlos Andreazza

quarta-feira, junho 07, 2017

MEIO AMBIENTE: BOLSA VERDE

É um programa de transferência de renda para famílias em situação de extrema pobreza que vivem em áreas de relevância para a conservação ambiental. Funciona como um incentivo às comunidades para que continuem usando, de forma sustentável, os territórios onde vivem. O programa concede R$300 reais, de três em três meses, para as famílias que sejam beneficiárias em áreas para a conservação ambiental, respeitando as regras de utilização dos recursos.
O propósito do programa é desenvolver atividades de uso sustentável dos recursos naturais em Reservas Extrativistas, Florestas Nacionais, Reservas de Desenvolvimento Sustentável federais e Assentamentos Ambientalmente Diferenciados da Reforma Agrária. 

sábado, junho 03, 2017

EDUCAÇÃO INFANTIL: A ESCRITORA SHARLENE SERRA LANÇA O SEU MAIS NOVO TRABALHO

A escritora e pedagoga Sharlene Serra, famosa por suas obras voltadas para a inclusão de pessoas com deficiência, a autora têm varios livros utilizados nas escolas do Maranhão. Ela irá lançar o seu mais novo trabalho “Diário Mágico – Um Segredo Para Contar”, o livro é uma publicação independente e será lançado neste sábado (03/06) em São Luís – MA, no espaço da Associação Maranhense de Escritores Independentes – AMEI (Shopping São Luís) às 19 horas.

Essa nova obra aborda a história de uma menina que adquire um diário ultra-mega-moderno e conta para ele detalhes de sua vida. O livro possui aproximadamente 44 páginas, foi escrito sob idioma bilíngue (português e inglês) e aborda sobre abuso infantil, servindo também como alerta para esta problemática. Com uma abordagem lúdica, a autora utiliza um diário como interlocutor da menina, passando a ter uma importância fundamental para sua vida e o resgate de sua infância. A obra está à venda na Livraria e Espaço Cultural AMEI (Shopping São Luís) por R$ 40,00.

MEIO AMBIENTE: VEREADOR MARCIAL LIMA DEFENDE POLÍTICA DE PRESERVAÇÃO AMBIENTAL

Preservação ambiental em São Luís foi o tema da palestra do vereador Marcial Lima (PEN), realizada nessa quinta-feira (1º), no auditório do Sesc Turismo, no bairro do Olho d’Água. O assunto é um dos que mais preocupa o vereador, que defendeu a criação de um plano urgente sobre a resolução do lixo na capital maranhense.

Marcial Lima explicou a necessidade em se criar mecanismos que consigam diminuir a poluição na cidade. Dentre as alternativas está a realização de uma campanha permanente em escolas criando disciplinas voltadas para a discussão ambiental e o cumprimento da Lei de Muros e Calçadas.

“São Luís precisa de um plano urgente da resolução do lixo. É preciso criar um aspecto no sentido que as pessoas possam respeitar a coleta de lixo e que a prefeitura inicie, nas escolas, uma campanha permanente criando disciplinas voltadas para a discussão ambiental. A prefeitura está gastando muito dinheiro com a limpeza pública e não está conseguindo resolver o problema porque não tem, em vários locais, a parceria com boa parte da população, que ainda descarta lixo em terrenos baldios. Tem de fazer cumprir a Lei de Muros e Calçadas já existente”, afirmou o vereador do PEN.

Durante a palestra, Marcial Lima defendeu um plano de arborização para São Luís com a parceria das universidades da cidade. Além disso, o vereador cobrou do governo do Estado uma definição sobre o esgoto jogado nas praias e disse estar disposto a sensibilizar a bancada federal maranhense sobre a revitalização dos rios de São Luís.

FONTE: blogdomarcial

SEGUNDO SETOR: FAZENDO A DIFERENÇA

Fonte: Hora 1