segunda-feira, agosto 01, 2011

POLUIÇÃO PODE CAUSAR DANOS CEREBRAIS E DEPRESSÃO.


Estudo mostra que exposição prolongada à poluição do ar pode danificar o cérebro e causar depressão, além de provocar problemas de aprendizagem e memória.
Um estudo feito na Universidade Estadual de Ohio, nos Estados Unidos, mostra que a exposição prolongada à poluição do ar pode danificar o cérebro e causar depressão, além de provocar problemas de aprendizagem e memória.
As pesquisas mostraram que, em longo prazo, o ar poluído poderia causar transformações físicas no cérebro.
“Enquanto outros estudos analisaram o impacto da poluição do ar sobre o coração e os pulmões, este é um dos primeiros a observar o efeito sobre o cérebro”, disse a estudante de doutorado e líder do estudo Laura Fonken.
"Os resultados sugerem que a exposição prolongada ao ar poluído pode ter visíveis efeitos negativos sobre o cérebro que pode levar a uma variedade de problemas de saúde", disse ela, à revista “Psiquiatria Molecular”.
A pesquisadora ainda explicou que o resultado da pesquisa serve como um sinal de alerta quanto aos perigos a que os moradores de grandes cidades estão expostos constantemente. "Isso pode ter implicações importantes e preocupantes para as pessoas que vivem e trabalham em áreas urbanas poluídas em todo o mundo."
A doutoranda e seus colegas da Universidade de Ohio expuseram seres em ar filtrado ou em ar poluído seis horas por dia, cinco dias por semana por dez meses.
Após a exposição, testes comportamentais foram realizados, incluindo aprendizado e teste de memória. Depressão, níveis de ansiedade mais elevados e perda de memória foram detectados naqueles expostos à poluição.

                                                                                                                                                                                             Fonte: EcoAgência

Nenhum comentário:

Postar um comentário

SUSTENTABILIDADE: GARRAFA ECOLÓGICA QUE FILTRA ÁGUA SUJA

A contaminação da água encanada tem sido um problema recorrente na vida dos brasileiros. Diversas análises e estudos indicam que cada vez...