terça-feira, janeiro 22, 2013

RESULTADO DO JULGAMENTO DE GUIMARÃES É ADIADO PARA TERÇA-FEIRA


Por causa do pedido de vistas do juiz eleitoral Sérgio Muniz, o julgamento da prefeita eleita de Guimarães, Nilce Farias (foto ao lado), ficou para a próxima terça-feira.
O julgamento sobre o pedido da cassação de sua candidatura começou hoje no TRE e acabou com uma vitória parcial para a prefeita por 3×2. Faltam votar o juiz Sérgio Muniz e em caso de empate, a presidente do TRE, desembargadora Anildes Cruz.
Casos idênticos ao de Nilce Farias estão sendo derrubados no Supremo Tribunal Federal e outros no Tribunal Superior Eleitoral.
Ocorre que ela virou candidata um dia antes do pleito em razão da troca do nome de seu irmão, o ex-prefeito e ficha suja Artur Farias. Na hora de votar, aparecia nas urnas a foto dele, o que caracteriza um vício no processo eleitoral.
Mas aqui no Maranhão a Justiça eleitoral está tendo outro entendimento. Por isso, votaram pela permanência dela no cargo de prefeita o desembargador José Bernardo Rodrigues, o juiz federal Nelson Loureiro, que atuou como relator do caso e o juiz eleitoral José Jorge Figuereido.
Contra a prefeita votaram até agora os membros da corte eleitoral Luis Belchior de França e José Carlos Sousa e Silva.
Vale ressaltar que o TRE do Maranhão, durante o período eleitoral de 2012, sofreu diversas derrotas no TSE e chegou a ser advertido publicamente pelos equivocos.
Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O BRASIL SEM JEITO: O JUIZ SÉRGIO MORO LIBEROU R$ 10 MILHÕES AO CASAL JOÃO SANTANA E MONICA MOURA

Os advogados afirmam que os marqueteiros não podem “trabalhar e auferir renda para seus gastos pessoais e de suas famílias, sendo, então,...