terça-feira, agosto 20, 2013

SERÁ O FINAL DA GUERRA?

Foi uma segunda-feira catastrófica para suplente de vereador Carioca (PRTB), o Ministério Público Eleitoral emitiu um parecer, alegando que os supostos crimes pelos quais Beto Castro é acusado, não têm relação com o processo eleitoral. Ou seja, mesmo que os crimes sejam comprovados, como duplicidade de título eleitoral, CPF e Carteira de Identidade, eles não teriam repercussão na esfera eleitoral, pelo menos foi o que entendeu o promotor Eduardo Pereira Filho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O BRASIL SEM JEITO: O JUIZ SÉRGIO MORO LIBEROU R$ 10 MILHÕES AO CASAL JOÃO SANTANA E MONICA MOURA

Os advogados afirmam que os marqueteiros não podem “trabalhar e auferir renda para seus gastos pessoais e de suas famílias, sendo, então,...