quarta-feira, agosto 14, 2013

SEIS DICAS PARA FUGIR DO ESTUFAMENTO, DOS GASES E DO INCHAÇO

Queixas de má digestão, sensação de empachamento, gases e inchaço após as refeições são muito comuns, mas a adoção de alguns hábitos simples pode melhorar o processo de digestão e diminuir as queixas.

1. Coma pequenos volumes de alimentos.
Quando comemos menos mais vezes ao dia, facilitamos o processo de digestão. Ao ingerir pequenos volumes, o estômago consegue produzir a quantidade necessária de ácido para o processo de digestão. 
2. Mastigue bem e coma devagar.
Já ouviu dizer que a digestão começa pela boca? Durante a mastigação, além de transformar o alimento em pedaços menores, você vai ativar as enzimas que digerem carboidratos e também dá tempo ao estômago para se preparar para digerir o alimento.

3. Coma devagar e evite bebidas gaseificadas.
Quando comemos muito rápido, engolimos mais ar e esse ar pode causar gases e estufamento abdominal. O mesmo acontece quando ingerimos bebidas gaseificadas. 

4. Evite o consumo de líquidos durante as refeições.
O pH do estômago precisa ser ácido para digerir os alimentos. Quando ingerimos líquidos durante as refeições, diluímos esse ácido, dificultando o processo de digestão.

Os alimentos mal digeridos podem ser fermentados, causando gases e estufamento abdominal.

5. Faça sua última refeição aproximadamente duas horas antes de se deitar.
Deitar com o estômago cheio pode empurrar conteúdo do estômago de volta para o esôfago, resultando em refluxo e desconforto.

6. Observe se tem alguma intolerância ou alergia alimentar.
Gases e estufamento abdominal podem ser sintomas de intolerância ou de alergias alimentares. Intolerância a lactose, doença celíaca e alergia a soja podem causar desconfortos digestivos como gases e estufamento abdominal. Esses sintomas são reduzidos quando o alimento em questão é excluído da dieta.

Além dessas dicas para melhorar o processo de digestão, comer gengibre ou tomar chá de hortelã antes das refeições pode ajudar. Também existem suplementos de enzimas digestivas que facilitam o processo.

Ter aumento de bactérias patogênicas no intestino também pode estar relacionado a gases, então os suplementos de probióticos são indicados.


Se os gases e o estufamento abdominal começarem a afetar sua qualidade de vida, se tiverem duração de mais de duas semanas ou forem acompanhados de outros sintomas como alterações de peso ou dor, não deixe de consultar seu médico.
Fonte: Mundo Verde

Nenhum comentário:

Postar um comentário

UTILIDADE PÚBLICA: CONVOCAÇÃO PARA AS ELEIÇÕES DO COMITÊ DA PRAÇA DAS ARVORES

A COMISSÃO ELEITORAL, nomeada na reunião do dia 28 de maio de 2017, no uso de suas atribuições, de acordo com o Regimento Interno do Com...