quinta-feira, setembro 22, 2016

GESTÃO AMBIENTAL: 7ª REUNIÃO ORDINÁRIA DA CIEA/MA

No ultimo dia 13/09(terça-feira) foi realizada a 7ª Reunião Ordinária da Comissão Interinstitucional de Educação Ambiental do Maranhão-CIEA/MA com o objetivo de deliberar sobre as estratégias e metodologias de sistematização das propostas de ações advindas dos Seminários Regionais de Estruturação do Plano Estadual de Educação Ambiental.

Logo após a abertura da reunião, foi realizada uma breve apresentação dos membros presentes, seguida da leitura e aprovação da ATA da última reunião. Em seguida, as Subcomissões apresentaram suas proposições para a apreciação e deliberação da Plenária, uma importante estratégia que tem dinamizado a atuação da Comissão tendo em vista que a atuação das Subcomissões tem subsidiado as discussões e favorecido a efetividade da Reunião Plenária .

A Subcomissão de Educação Ambiental formal apresentou como proposições: realizar um levantamento das experiências (projetos e ações desenvolvidas) com a Educação Ambiental no estado, através da criação de cadastro, a partir do Concurso de Projetos e Redação Escola Sustentável; difundir e divulgar o Concurso Escola Sustentável (Edital) e indicar dois representantes para a compor a Comissão Julgadora) ; sistematizar as propostas dos Seminários, orientadas pelo Artigo 15 da Lei nº 9.279/2010), que define as linhas de atuação da Política Estadual de Educação Ambiental e articular tais linhas com os princípios da Educação Superior(ensino, pesquisa e extensão).

Em seguida, foram apresentadas as proposições da Subcomissão de Normas e Legislações: Minuta de Resolução sobre as Diretrizes Curriculares para Educação Ambiental no Maranhão do Conselho Estadual de Educação - CEE (aguardando as sugestões e contribuições do membros), construção/constituição de um arquivo de Educação Ambiental, proposta de criação do Grupo de Estudo articulado com as Universidades e com o Comitê Estadual de Educação do Campo: com foco na PEEA, apresentação da minuta de Resolução da Coordenação da CIEA (Titulares: Ana Paula Rios (Cleire), Eliane Abreu (Luís Câmara) e Francisco – (INPP) Ronald Chaves (Movimento pela Moradia Digna). acompanhar a convocação e a frequência dos membros da CIEA e convidar a 7ª Vara de Interesses Difusos e Coletivos da Região Metropolitana, Promotoria de Educação. Em seguida foi apresentado o relatório de proposições da Subcomissão de Educação Ambiental não-forma: Articular as ações da Câmara Estadual de Compensação Ambiental – CECA com as ações propostas pela CIEA,, sistematizar as propostas oriundas dos Seminários orientadas pelo Artigo 15 que define as linhas de atuação da PEEA; Articular as ações dos Comitês de Bacia em processo de formação: Comitês dos Rios Preguiças, Itapecuru e Balsas. Dia 14 de outubro haverá reunião sobre o diagnóstico do Rio Preguiças em Urbano Santos-MA. Os próximos Seminários de Estruturação do Plano Estadual de Educação Ambiental irão acontecer em Bacabal e Pedreiras como previsão para a última semana de outubro.

Já foram realizados 12(doze) Seminários nas Unidades Regionais de Educação –URES de Codó, Timon/Caxias, Balsas, São João dos Patos, Imperatriz, Açailândia, Santa Inês, Zé Doca, Barra do Corda, Presidente Dutra, Viana e Pinheiro. Ainda este ano serão realizados mais 06( seis) seminários nas regionais de Bacabal ,Pedreiras, Chapadinha, Itapecuru Mirim, Rosário e São Luís. 
O planejamento elaborado pela CIEA/MA definiu como estratégia de mobilização e participação social a realização de 18(dezoito) Seminários em todo o território do estado, com o objetivo de assegurar a elaboração das propostas de ações que representem toda a diversidade socioambiental maranhense.
As propostas irão estruturar o Plano nos âmbitos formal e não-formal, a partir de linhas de ação.

Para o âmbito formal a linha de ação é Escolas Sustentáveis e prevê a implementação da Educação Ambiental em quatro eixos para a Educação Básica e Educação Superior: gestão, currículo, espaço físico e relação com a comunidade. Já no âmbito não-formal as linhas de ação são; Unidades de Conservação, Recursos Hídricos, Combate a Desmatamentos e Queimadas e Resíduos Sólido.
A próxima reunião da CIEA/MA acontecerá no dia 11 de outubro de 2016.


Fonte: Edna Rodrigues

segunda-feira, setembro 19, 2016

CIDADANIA PREVIDENCIÁRIA: PROGRAMA FALA COMUNIDADE

O programa Fala Comunidade, veiculado na Rádio Comunitária Ilha do Amor FM, aos domingos, das 10h às 12h, pautou em sua edição 180 – 18/09/2016 esclarecimentos sobre os benefícios recebidos por meio do auxílio-doença e Aposentadoria por Invalidez, proporcionados pelo INSS.

José Marques Júnior (segundo da esquerda para direita), especialista em Benefício da Gerência Executiva São Luis – INSS, entrevistado do dia, apresentou inicialmente os aspectos conceituais e legais sobre os benefícios citados.
Marques disse que o governo federal editou a Medida Provisória nº 739 de 07 de julho de 2016 que tem como foco revisar 1 milhão 630 mil benefícios. Disse ainda que no Maranhão foram selecionados 3 mil seiscentos e cinquenta e nove benefícios no 1º lote, tendo os segurados mais jovens e benefícios de auxílio doença mais antigos como alvo prioritário.

Marques disse que “os beneficiários devem manter seus endereços atualizados para recebimento da convocação, que será feita por meio de carta. Após recebimento da correspondência, o segurado deverá ligar em até 5 dias para a central 135 e agendar a perícia sob pena de suspensão do benefício até agendamento do exame”

Segundo Marques, o resultado do exame pericial indicará três situações: Cessação do benefício, manutenção do benefício ou transformação do Auxílio doença em Aposentadoria Por Invalidez.

O programa divulgou ainda a programação do dia 21 de setembro Dia Mundial de Conscientização Sobre a Doença de Alzheimer, que será realizada pela Associação Brasileira de Alzheimer – Regional Maranhão, que contará com panfletagem, ato público, palestra sobre a doença de Alzheimer e a IX Caminhada da Memória.


Fonte: Camilo

domingo, setembro 18, 2016

IDEIA HUMANITÁRIA: A INVENÇÃO PODE SALVAR 1 MILHÃO DE VIDAS POR ANO

Um estudante da Universidade de Loughborough, no Reino Unido, criou uma espécie de microgeladeira de vacinas que tem o potencial de salvar 1,5 milhão de vidas por ano, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS).

Criado por William Broadway (foto ao lado), o aparelho, que de tão pequeno pode ser carregado na mochila, lhe rendeu uma vaga entre os finalistas de um dos prêmios de tecnologia mais prestigiados do mundo, o James Dyson 2016, organizado pela instituição homônima para incentivar jovens designers a solucionar problemas cotidianos.
Vacinas precisam ser mantidas entre 2º e 8ºC para serem eficazes. E o refrigerador criado por Broadway consegue manter essa temperatura de forma constante por 30 dias. O Isobar também poderia ser usado para proteger órgãos doados, transplantes de sangue e células-tronco.
"Nenhum problema é grande demais, e muitas vezes, as soluções mais simples são as melhores", disse certa vez James Dyson, o engenheiro britânico que inventou do primeiro aspirador de pó sem saco coletor.
Broadway teve ideia semelhante ao desenvolver o conceito por trás do Isobar. A invenção não é especialmente complexa, mas graças ao enfoque prático poderia solucionar um problema que causa milhares de mortes por ano: o risco de que as vacinas não cheguem ao seu destino a tempo em países em desenvolvimento.
"As vacinas chegam quase até o fim do caminho, mas, no último quilômetro, os canais de distribuição e logística se rompem", afirmou Broadway.
§  Explosão deixa diversos feridos em Nova York
§  Suicídio de vítima de 'pornô de vingança' choca a Itália

Como funciona?

 Segundo Broadway, seu aparelho deve ser aquecido durante uma hora para ser carregado. O Isobar possui uma mistura de água e amoníaco, e o amoníaco evapora primeiro. O aparelho então retém o amoníaco, que permanece preso à parte superior do recipiente, e, quando dá voltas no dispositivo, se "reevapora" na água.
Dessa forma, quando as duas substâncias se misturam novamente, obtém-se o efeito refrigerador.
"Chama-se (efeito) higroscópico, e proporciona uma refrigeração muito potente", disse Broadway.
O efeito também faz com que a temperatura fique estável, o que é uma característica fundamental da invenção.


Como surgiu a ideia?


Broadway conta que teve a ideia para a criação do Isobar durante uma viagem para surfar no México.
"Durante a viagem de cinco dias, tínhamos 13 quilos de gelo. E pensei: será que existem alguma forma que nos permita utilizar essa energia de maneira adequada?".
Foi então que ele passou a analisar métodos de refrigeração antigos e descobriu um deles, usado por agricultores rurais sem acesso a eletricidade. "Foi aí que surgiu a ideia", disse.

Qual é o modelo de negócio?


Broadway está orgulhoso de sua criação, mas não quer criar uma patente.
"Sinceramente, não tenho interesses comerciais pessoais", afirmou.
Ele recebeu mais de US$ 2,6 mil (R$ 8,6 mil) para fabricar os primeiros protótipos, e no próximo dia 26 de outubro vai competir com os demais finalistas do Dyson pelo prêmio internacional, avaliado em US$ 40 mil (cerca de R$ 130 mil).
§  Como ator da série 'Stranger Things' se tornou exemplo para pessoas com doença rara
"Ganhar o prêmio me daria confiança para desenvolver minha invenção. E poderia ter um grande impacto e beneficiar milhares de pessoas", afirmou.
Um dos jurados da competição, o empreendedor Jack Lang, afirmou que o Isobar "é uma invenção brilhante e resolve um problema real", além de ser "um sistema completo e muito bem pensado".
Fonte: BOL

sexta-feira, setembro 16, 2016

AÇÃO COMUNITÁRIA: COMITÊ DE PRAÇA

A reunião ordinária do GT de líderes de comitês de praças ocorrida na noite do dia 14/9, às 19.30h, nas praças 4 e 5 do COHAB Anil I, praças estas organizadas em comitê sob a coordenação da Professora Narcisa Rocha que gentilmente recebeu nesse espaço público, líderes de comitês do complexo COHAB/COHATRAC.

Fizeram-se presentes os referidos comitês: Praça das Árvores, Praça Renascer, Praça Manoel Jr. Na ocasião foram tratados assuntos referentes às demandas e experiências de vivências, assim como, uma pauta pré agendada. Tratou-se do projeto Artesanato nas praças, uma parceria com a Associação dos Artesão Engrenados com a Arte (ENGRENARTES) que será realizado naquele logradouro e também do projeto itinerante LEITURARTE, que realizará em outubro uma intervenção cultural e pedagógica com crianças nesse mesmo espaço público. 
No tocante as experiências, foram relatadas as dinâmicas de funcionamento dos comitês nos meses anteriores. Como encaminhamento ficou decidido que a próxima reunião será realizada na praça das árvores no dia 20/10 às 19h30.

Fonte :Dorian Azevedo

GERANDO OPORTUNIDADE: PRESOS PRODUZEM VASSOURAS ECOLÓGICAS

15/09 – Foi inaugurada a 1ª fábrica de vassouras ecológica no sistema Prisional do Maranhão, a proposta garantirá qualificação profissional para internos, com fabricação de 150 vassouras dia.
 O processo de produção das vassouras de garrafa pet é simples:
PRIMEIRO PASSO: limpeza à base de água e sabão das garrafas pet;
SEGUNDO PASSO: a garrafa é levada para uma máquina onde é feito um corte no fundo;
TERCEIRO PASSO: Filetagem (cortes em fios);
QUARTO PASSO: Prensa manual da vassoura;
QUINTO PASSO: Guilhotina para aparar as cerdas.

terça-feira, setembro 13, 2016

PARCERIA AMBIENTAL: SEMA, ANA E CPRM JUNTO NA PARA ELABORAÇÃO DO ESTUDO HIDROGEOLÓGICO

A Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Naturais (SEMA) fechou parceria, dia 12.09, com a Companhia de Pesquisa e Recursos Minerais (CPRM) e a Agência Nacional das Águas (ANA), para a elaboração do Estudo Hidrogeológico da Região Metropolitana de São Luís - Subsídios para o Uso Sustentável dos Recursos Hídricos. A Reunião teve como objetivo alinhar as diretrizes necessárias para que tenha início o estudo sobre os sistemas aquíferos da Ilha de São Luís, com a caracterização física da Região Metropolitana, a avaliação do uso e ocupação da terra, geológica, hidrogeológica, hidroclimatológica, a avaliação de locais com restrições de uso da água e a relação das águas superficiais com as subterrâneas, além da caracterização da oferta de água com as demandas atuais da região.

O estudo resultará na caracterização dos Sistemas Aquíferos de Barreiras e Itapecuru, com a produção de quatro mapas temáticos: hidrogeológico, hidroquímico, potenciométrico e de transmissividade; a verificação da demanda atual de águas subterrâneas (através do cadastro de poços), possibilitando, por fim, a orientação da definição de estratégias de gestão das águas subterrâneas da Região Metropolitana, visando sua preservação e seu uso sustentável através de um Modelo de Gestão das Águas. O prazo deste estudo é previsto em 20 meses, e caberá à CPRM sua execução, à ANA a gestão e coordenação, tudo em parceria com a SEMA. 
Fonte: SEMA

segunda-feira, setembro 12, 2016

AÇÃO COMUNITÁRIA: SAÚDE MENTAL NA PAUTA DO FALA COMUNIDADE


O projeto do PROGRAMA FALA COMUNIDADE prevê sintonia com as demandas comunitária e acompanhamento do calendário de atividades sociais. Diante disso, pautou-se a Saúde Mental, tendo em vista que o mês de setembro recebe a cor amarela para colaborar na reflexão da necessidade se trabalhar a prevenção do suicídio, tendo o dia 10 de setembro como Dia Mundial de Prevenção do Suicídio.

Patrício Barros (foto acima, o segundo da esquerda para direita), técnico do Departamento de Atenção à Saúde Mental da Secretaria Estadual da Saúde (SES), colaborou com a edição 179 – 11/09/2016 - do PROGRAMA FALA COMUNIDADE, fazendo uma linha do tempo e destacando aspectos relevantes sobre o tema. Patrício disse que a humanidade avançou muito, quando passou a estudar os problemas mentais dentro de uma metodologia científica. Também disse que a sociedade avança, quando compreende que o isolamento do indivíduo precisa ser substituído pelo convívio familiar e comunitário.

Barros falou ainda da Reforma psiquiátrica de 2001, da Rede de Cuidados em Saúde Mental, Crak, Álcool e outras Drogas que está estruturada em Centro de Atenção Psicossocial (CAPS), Serviços Residenciais Terapêuticos, Centros de Convivência e Cultura, Unidades de Acolhimento e dos leitos de atenção integral em Hospitais Gerais.


Patrício avalia sua participação no Fala Comunidade: ”Agradeço a oportunidade de socializar alguns nortes sobre a necessidade de ser pensar em saúde mental como uma linha de cuidado centrado na singularidade das pessoas respeitando as especificidades das demandas.”

Fonte: Camilo

sexta-feira, setembro 09, 2016

EDUCAÇÃO: ÍNDICE DE EDUCAÇÃO BÁSICA DO MARANHÃO FOI O SEGUNDO QUE MAIS CRESCEU NO PAÍS

Os investimentos do governo Flávio Dino, desde os primeiros dias da gestão com foco na melhoria da educação, elevaram o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) do Maranhão em 2015, no Ensino Médio, retirando o Estado da penúltima posição, que ocupava em 2013, e colocando-o em patamar de destaque no ranking nacional, como o segundo da federação que mais cresceu nesse nível de ensino. O resultado do Ideb 2015 foi divulgado nesta quinta-feira (8), pelo Ministério da Educação.
No Ensino Médio, cuja responsabilidade por 97% matrícula é do Governo do Estado, o Maranhão saiu do resultado de 2,8 em 2013 para 3,1, em 2015, um crescimento de 0,3 pontos no Ideb de um ciclo para outro.
No comparativo em que se leva em consideração apenas a rede pública estadual de ensino, o Maranhão fica à frente do Pará, Mato Grosso, Bahia, Rio Grande do Norte, Alagoas e Sergipe.
O Ideb é constituído por indicadores educacionais como: taxa de aprovação, resultado da Prova Brasil (aplicada na 4ª e 8ª série do Ensino Fundamental nas escolas públicas de todo o Brasil) e os resultados do SAEB (Sistema Nacional de Avaliação da Educação Básica – aplicado em uma amostra de escolas de Ensino Médio).

O índice estabelece não só médias para as redes estaduais, redes municipais e escolas de ensino fundamental, mas também define metas que deverão ser alcançadas pelas redes de ensino e serve como norteador de políticas de melhoria na qualidade das escolas públicas de todo país.
“Em 2013, estávamos em penúltimo no país, mas com a determinação da atual gestão de priorizar a educação com foco na qualidade do ensino público e no crescimento do Ideb, tanto das redes municipais como da rede pública estadual, com várias ações de organização docente, revitalização da rede física das escolas e fortalecimento das ações pedagógicas com impacto na sala de aula, obtivemos um crescimento expressivo em 2015″, apontou o secretário de Estado da Educação, Felipe Camarão (FOTO ACIMA). “O Governo do Estado celebra, pois estamos acertando e construindo caminhos sólidos para que os resultados de 2017 sejam ainda melhores e marquem a história da educação maranhense“.

quinta-feira, setembro 08, 2016

FIM DA HUMANIDADE: MÃE E FILHA ENFRENTAM ACUSAÇÃO DE INCESTO APÓS SE CASAREM NOS EUA

 Uma americana de 43 anos e sua filha de 25 estão enfrentando acusações de incesto, após autoridades descobrirem que as duas se casaram legalmente no Estado de Oklahoma, em março. A mãe, Patricia Ann Spann, já havia se casado com seu filho mais velho em 2008, que pediu uma anulação 15 meses depois.

O caso foi descoberto pela polícia do condado de Stephens, em Oklahoma, no mês passado, durante uma investigação sobre negligência infantil. De acordo o jornal Daily News, Patricia contou a um assistente social que perdeu a guarda de seus três filhos no passado e as crianças foram adotados pela avó paterna. Anos depois, ela voltou a se encontrar com a filha, Misty Velvet Dawn Spann e as duas “se deram bem” instantaneamente.

Fonte: msn

segunda-feira, setembro 05, 2016

AÇÃO COMUNITÁRIA: AÇÕES DE CIDADANIA DE JOVENS ESTUDANTES

Nos últimos dias os jovens estudantes da escola estadual Centro de Ensino Profª. Maria Pinho, localizada no COHATRAC em São Luís-MA, realizaram importantes atividades do Projeto MURO CONSCIENTE, que incluem ações de cidadania ambiental, onde vários muros do bairro foram pintados com imagens e mensagens de sensibilização ambiental, destacando a importância da preservação e conservação do meio ambiente e da qualidade de vida nas comunidades. As atividades foram desenvolvidas por alunos do Ensino Médio da escola.

No dia 03 de setembro foi à vez da Praça 12 de outubro no COHATRAC II e contou com a participação das COM-VIDAS das escolas CEP Maria Pinho, UEB Primavera e o Instituto Maranhense de Integração Social, e foram coordenadas pela professora Avanne Dominici.


A referida atividade é uma das muitas ações de cidadania realizadas e que comprova a importância de iniciativas coletivas e de jovens protagonistas nas escolas públicas que praticam ações na defesa do meio ambiente, do exercício da cidadania sustentável e da vida.























Fonte: Avanne Dominici

INCRÍVEL: FAMÍLIA SUPERDOTADA TEM GAROTO FORMADO AOS 14 E IRMÃO NA FACULDADE AOS 11

Carson Huey-You (14 anos) se formou no último mês de maio em Física pela Universidade Cristã do Texas. O garoto é o mais jovem a completa...